Literatura Inglesa · Livros

{Resenha} Frankenstein – Mary Shelley “O barro inanimado” #projetolendoclássicos

“O Senhor Deus formou, pois o homem do barro da terra” (Gênesis 2,7) Por Agnes Cássia Frankenstein evoca críticas e questões filosóficas acerca da criação e os limites do ser humano em desafiar as leis da natureza e divinas no século XIX, em plena ascensão das ciências e da tecnologia. Uma ficção científica que dialoga com… Continuar lendo {Resenha} Frankenstein – Mary Shelley “O barro inanimado” #projetolendoclássicos

Anúncios
Filósofos · Livros

{Resenha} Sobre a Ira – Sêneca + A Ira na Literatura

“É um erro confiar a espada a um irado.” (Sêneca) Por Agnes Cássia Instagram: @gotasdeepifania Sêneca, no livro “Sobre a Ira”, trata de um tema que dialoga com as emoções do ser humano e até que ponto a mesma pode transformar as virtudes do individuo em seu contrário. Partindo de exemplos simples e didáticos, Sêneca… Continuar lendo {Resenha} Sobre a Ira – Sêneca + A Ira na Literatura

Literatura Inglesa · Livros

{Resenha} Rei Lear – William Shakespeare – “Há razão na loucura?”

“Tu não deverias ter ficado velho antes de ficares sábio.” (Bobo). Por Agnes Cássia Instagram: @gotasdeepifania Rei Lear, considerada uma das quatro grandes tragédias, mostra o declínio de um rei envelhecido e insano diante de um reino divido e hostilizado por sua prole. Uma tragédia que traz a loucura, a cegueira e a alienação como… Continuar lendo {Resenha} Rei Lear – William Shakespeare – “Há razão na loucura?”

Literatura Inglesa · Livros

{Resenha} Os Mistérios de Udolpho – Ann Radcliffe (Vol. I e II)

"Uma mente bem informada, é a melhor segurança contra o contágio da insensatez e do vício. A mente vaga está sempre à procura de alívio e pronta para mergulhar no erro, para escapar do langor da ociosidade. Carrega-a de ideias, ensine-a o prazer de pensar, e as tentações do mundo lá fora serão contrabalanceadas pelas… Continuar lendo {Resenha} Os Mistérios de Udolpho – Ann Radcliffe (Vol. I e II)

Literatura Inglesa · Livros

{Resenha} Hamlet – Shakespeare “Uma consciência autodestrutiva”

“E assim a reflexão faz todos nós covardes” (Hamlet) Por Agnes Cássia Hamlet, considerada a obra-prima de William Shakespeare, mostra um reino da Dinamarca em decomposição, envolta de atos corruptivos nos quais o príncipe Hamlet encontra-se, indubitavelmente, só. Diante da solidão, o personagem utiliza a consciência para fins investigativos e de autoconhecimento. E entre a… Continuar lendo {Resenha} Hamlet – Shakespeare “Uma consciência autodestrutiva”

Literatura Inglesa · Livros

{Resenha} Razão e Sentimento (Sense and Sensibility) – Jane Austen

“– Elinor – exclamou Marianne –, por acaso isso é razoável? Isso é justo? Será que minhas ideias são tão escassas? Mas eu entendi o que você quer dizer. Fiquei à vontade demais, fui feliz demais, franca demais. Errei diante de todas as noções banais de decoro, fui aberta e sincera quando deveria ter sido… Continuar lendo {Resenha} Razão e Sentimento (Sense and Sensibility) – Jane Austen

Livros · Resenhas

{Melhores Leituras} de 2017

"A leitura engrandece a alma." (Voltaire) Por Agnes Cássia O ano de 2017 foi extremamente proveitoso de leituras. Tive a oportunidade de buscar livros mais complexos, que foram essenciais ao meu desenvolvimento como indivíduo e leitora. Há 4 anos que me dedico inteiramente a elas e só nesse ano que resolvi adentrar a esse universo… Continuar lendo {Melhores Leituras} de 2017